MEDITANDO NO TRABALHO MISSIONARIO

Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.

Isaías 6:8

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Viagem Missionária a Caruaru e João Pessoa


Amados irmãos, mais uma vez o Senhor nos proporcionou momentos jubilosos em mais uma viagem missionária.

Alguns dias atrás meditávamos (Pastor Valdir Penaforte e Diácono Wellington) sobre como poderíamos visitar o pastor Alan, o qual reside na Paraíba. Fizemos alguns planos os quais não foram positivos; Os nossos planos não eram como os de Deus reservados para nós, pois diz provérbios 16.1: “O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do SENHOR”. A resposta para essa viagem veio do Senhor que muito nos abençoou desde a saída até a volta aos nossos lares.
Saímos no sábado à noite cada um de sua cidade em direção a Caruaru. O Pr. Valdir de Petrolina por volta das 21h40ms; O diácono Wellington saiu de Petrolândia por volta das 23h10ms chegando a Caruaru no domingo às 5h da manhã, enquanto que o Pr. Valdir chegou minutos depois. Ambos fizemos uma viagem agradável, pois a ansiedade santa de estarmos com os irmãos muito nos alegrava. Aguardamos a chegada do irmão Edson Rosendo, Pastor da Igreja local.
Naquela  encontramos uma igreja alegre, firmada na doutrina dos apóstolos, e compromissada com a verdade. Além disso, era visível o contentamento dos  irmãos pelas bênçãos de Deus derramadas sobre eles e em especial pelo novo local de culto que Deus estava lhes concedendo. Naquela manhã o irmão Edson deu o estudo “O QUE É NECESSARIO PARA UMA VERDADEIRA ADORAÇÃO”. Fomos todos alimentados com o maná do céu. Após o termino daquele estudo cada irmão dirigiu-se ao seu lar. O Pr. Valdir foi com o irmão Manezinho e família. O diácono Wellington ficou com o Irmão Ezequias e família; Ambos passamos uma tarde agradavel com aqueles irmãos e suas famílias.
No inicio da noite o irmão Manezinho nos levou a igreja para o culto solene. Foi um culto genuíno, onde os irmãos se apresentam com toda reverência, santo temor e tremor, com toda humildade e piedade. Para completar os requisitos de um verdadeiro culto, o Senhor concedeu mais uma mensagem divina através do Pr. Edson, “O PERFIL DO HOMEM QUE SE HUMILHA”. Nessa mensagem Deus foi colocado no mais sublime trono, enquanto que o homem no seu devido lugar: no pó.
Ao termino do culto, foi feito uma comemoração de agradecimento pelos aniversariantes do mês de janeiro e por aquele novo local dos trabalhos da igreja. É um local que preencheu todos os requisitos necessários. Quando tudo terminou fomos nos preparar para o dia seguinte, pois iríamos a João Pessoa na Paraíba, onde visitaríamos o Pr. Alan e a família do Pr. Valdir.

    VIAGEM A JOÃO PESSOA
Depois de uma rápida noite de sono, reunimo-nos na segunda-feira de manhã e rumamos para a capital da Paraíba: Valdir, Edson e os diáconos Wellington (Petrolândia) e Osvaldo (Caruaru). Seguimos pela cidade de Campina Grande, num trajeto de trânsito livre e belas paisagens, principalmente por causa do verde que despontou com as últimas chuvas. Chegamos a João Pessoa às 11h30 e logo nos encontramos com o objeto da nossa viagem: o pastor Allan.
QUEM É O IRMÃO ALLAN?
Esse irmão havia feito contato com a CRBB há alguns anos e foi encaminhado por Gilson para Edson e Valdir, e esse encontro foi acertado. Assim que nos encontramos, dirigimo-nos a um shopping próximo onde nos sentamos para almoçar e conversar; eram 13h00. Quando nos levantamos para sair passava das 16h00. O pastor Allan, judeu-brasileiro, nasceu na única cidade verde do sertão paraibanoSão José do Rio do Peixe, onde seus ancestrais se instalaram quando emigraram de Portugal no século XVIII. Jovem disciplinado na leitura, não tardou em conhecer a dos apóstolos, pela explicação de livros e mais livros que acostumado a ler desde cedo. Depois do segundo grau, matriculou-se no Seminário Betel em João Pessoa onde se bacharelou em teologia. Perto da conclusão do curso, foi pastorear a igreja batista na sua cidade natal e foi consagrado ao ministério. Retornando a João Pessoa e tendo concluído o curso e ainda pela forte influência presbiteriana na área, foi trabalhar num presbitério da grande João Pessoa, comandando uma igreja presbiteriana de uns 100 membros, porém, sem realizar os atos pastorais (como eles chamam o batismo infantil, a ceia, a assembléia e outras coisas mais). Muitas oportunidades têm surgido na vida do pastor Allan para pastorear outras igrejas presbiterianas (e excelentes oportunidades), porém, o seu coração batista não permite tal migração, por isso da sua inquietação em conhecer os batistas da CRBB a fim de visualizar o alcance da Reforma entre os batistas e as oportunidades para servir entre os tais. O pastor Allan é solteiro ainda (noivo, na verdade) e além de pastor da igreja presbiteriana referida, é também professor em diversas instituições teológicas na Paraíba. No final da conversa, depois de dizermos mutuamente o que esperamos dele e ele de nós, ele foi desafiado a estar conosco por ocasião do Retiro de Carnaval que as igrejas de Caruaru/Petrolândia/Petrolina realizarão na cidade de Garanhuns (PE), num hotel-fazenda, o que seria uma excelente porta de, numa tacada , “conhecer o miolo” dos batistas reformados em Pernambuco. Ele prometeu se empenhar para se fazer presente juntamente com a noiva. Na verdade, tudo o que conversamos em apenas 3 horas seria suficiente para encher um livro, sendo este relato apenas um pequeno extrato da conversa. O pastor Allan tem grandes convicções reformadas, é bem confessional, não possui nenhuma fantasia pentecostal, é muito zeloso quanto à indissolubilidade do casamento e, mesmo militando nas fileiras presbiterianas, é avesso até às últimas conseqüências ao divórcio para crentes.
Quando íamos deixar o pastor Allan em sua casa, passamos antes rapidamente no apartamento onde moram os pais do pastor Valdir Penaforte. Encontramos o senhor Odir Penaforte, um senhor de 82 anos, hoje aposentado  Depois seguimos viagem para Caruaru, chegando ás 22h00 e indo direto para o terminal rodoviário, onde tomamos os  ônibus para o sertão. No dia seguinte, ao acordar e ligar o micro, pude perceber que Deus ouviu minha oração noturna, dando boa viagem aos irmãos, pois na página de recados já estava registrada a chegada dos irmãos em seus desejados portos, são e íntegros. Nós de cá do Nordeste envidaremos os esforços para representar a CRBB junto ao pastor Allan e lhe dar o suporte que estiver ao nosso alcance.
Pr. Edson Rosendo
Pr. Valdir Penaforte
Diác.Wellington José
Diác.Osvaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário